Hotel Agrinho Suites & Spa Gerês Logo
"Recomendado! Espaço moderno, muito bem conseguido rodeado das belas paisagens do Gerês. " — Luís Silva

RÃ IBÉRICA NO PNP GERÊS

2020/03/03

A rã-ibérica é um anfíbio sem cauda na forma adulta, característica do Noroeste da Península Ibérica. Prefere zonas montanhosas, ocorrendo principalmente junto a ribeiros.
Infelizmente a espécie encontra-se em declínio significativo, devido principalmente à poluição dos cursos de água por efluentes industriais e domésticos, e pela destruição dos habitats ribeirinhos.
Esta é uma espécie que pode ser encontrada mais facilmente em zonas montanhosas, perto de ribeiros com água limpa (não poluída, pois é bastante sensível) e normalmente corrente com substrato rochoso e vegetação abundante nas margens.
Apresenta atividade tanto diurna como noturna e pode ser encontrada durante todo o ano, embora seja menos conspícua nos meses mais “severos” (tanto no Inverno como no Verão).
A rã-ibérica é predada por cobras-de-água, trutas e pequenos mamíferos carnívoros. Têm dois mecanismos de defesa: a primeira escolha é sempre fugir, mergulhando, enterrando-se no fundo ou deixando-se ir com a corrente; quando se sentem irremediavelmente expostas fingem-se de mortas e deixam-se boiar completamente imoveis.
Com um comprimento até 5,5 cm, alimentam-se essencialmente de aranhas, larvas de insetos, caracóis, escaravelhos etc. Apresenta um corpo esbelto e focinho pontiagudo. Os membros posteriores são compridos e fortes perfeitamente adaptados a grandes saltos. Ainda estes membros possuem cinco dedos ligados por membranas interdigitais, tornando-a também uma excelente nadadora.
Normalmente as fêmeas são maiores que os machos, sendo estes mais esbeltos e apresentam os membros anteriores mais robustos. Os machos durante a época de reprodução adquirem rugosidades escuras nos dedos internos dos membros posteriores.
O período reprodutivo estende-se de Novembro a Março, variando com a altitude. O acasalamento é mais frequente acontecer durante a noite. A fêmea deposita posturas de 100 a 450 ovos, em massas esféricas e compactas na vegetação aquática, entre pedras, ou no fundo lamacento de charcos. O desenvolvimento larvar dura cerca de três meses.



#RãibéricanoGerês
#HotéisnoGerês
#HotelnoGerês
#HotelSpanoGerês
#CasasdefériasnoGerês
#Casasparafériascompiscinainterior
#FimdesemanaromânticonoGerês
#HotelnasTermasdoGerês
#AlojamentonoGerês
#HotelnaalbufeiradaCaniçada
#ReservashotelnoGerês
#HotelnoParqueNacionalPenedaGerês
#FériasnoGerêsPortugal
#CasasparaalugarnoGerês
#Gerêstudoincluído
#CaminhadasnoGerês