Hotel Agrinho Suites & Spa Gerês Logo
"Ficamos muito felizes com nossa escolha e pretendemos voltar em breve! Parabéns. " — Jorge Miranda

Esquilos no Gerês

2020/02/29

O Esquilo-vermelho é o único roedor arborícola com hábitos diurnos na nossa fauna do Gerês. Possui uma agilidade incrível, que lhe permite dar grandes saltos nas copas das árvores, e a sua cauda felpuda torna-o inconfundível.
O Esquilo-vermelho, é um mamífero de pequeno porte. O comprimento do corpo é de 18-24 cm e a cauda mede cerca de 17 cm. Os juvenis pesam 100-150 g, podendo os adultos atingir as 450 g.
Os olhos e as orelhas são grandes, tendo estas na extremidade um tufo de pêlos, que atinge maiores dimensões no Inverno e que desaparece com a chegada do Verão. A cauda é comprida e bastante peluda, servindo de “cobertor” nos períodos mais frios e é importante ao nível do equilíbrio. Os fortes dedos possuem garras compridas, curvas e dentadas nas faces laterais.
Em Portugal, a espécie parece ter-se extinguido no séc. XVI. A partir da década de 80, Esquilos originários de Espanha começaram a ser observados no norte do país. Atualmente já estão estabelecidos em áreas como o Parque Nacional da Peneda-Gerês e outras.
Esta espécie tem uma dieta generalista, essencialmente baseada em matéria vegetal. Os seus alimentos preferidos são as sementes. Quando estas escasseiam, consomem cogumelos e outros fungos, raízes e flores, insetos, minhocas e ovos retirados do ninho de aves. As cascas de certas árvores fornecem-lhes um suplemento de minerais.
Têm o hábito de armazenar alimentos, escondendo-os em buracos nas árvores ou, mais frequentemente, enterrando-os no solo. Um sentido olfativo desenvolvido permite-lhes recuperar posteriormente os alimentos, que conseguem detetar até 30 cm de profundidade.
As fêmeas podem ter duas ninhadas por ano, que correspondem aos picos de reprodução, que acontecem na Primavera e no Verão. No entanto, podem-se reproduzir praticamente em qualquer altura do ano, dependendo do clima e da disponibilidade de alimento. Para poderem acasalar com uma fêmea, vários machos exibem-se, revelando a sua agilidade e todo o rol de acrobacias de que são capazes, entre os troncos e ramos das árvores.
Os esquilos não são animais territoriais, podendo mesmo um ninho ser partilhado por vários indivíduos, nomeadamente em condições climatéricas muito adversas.
Como curiosidade refira-se que os esquilos são ótimos nadadores, tendo-se registado um deslocamento na água de 1,6 km.



#ESQUILOSNOGERÊS
#HotéisnoGerês
#HotelnoGerês
#HotelSpanoGerês
#CasasdefériasnoGerês
#Casasparafériascompiscinainterior
#FimdesemanaromânticonoGerês
#HotelnasTermasdoGerês
#AlojamentonoGerês
#HotelnaalbufeiradaCaniçada
#ReservashotelnoGerês
#HotelnoParqueNacionalPenedaGerês
#FériasnoGerêsPortugal
#CasasparaalugarnoGerês
#Gerêstudoincluído
#CaminhadasnoGerês